Profissão: Administração
» Voltar
Descrição
É o gerenciamento dos recursos e das atividades de uma organização, em busca de maior eficiência e produtividade.
O administrador é o responsável pelo planejamento das estratégias e pelo gerenciamento de uma empresa. Ele ajuda a definir, analisar e cumprir as metas da organização. Trabalha em praticamente todos os departamentos, nos quais gere recursos financeiros, materiais e humanos. Conduz as relações entre empresa e empregados, participando dos processos de seleção, admissão e demissão de funcionários, bem como da implantação e implementação de planos de carreira e programas de benefícios. Coordena a compra de matérias-primas e insumos, controlando sua estocagem, qualidade e reposição. Cuida de custos, orçamentos e fluxo de caixa. Determina ações de publicidades e promoção de vendas de produtos e serviços. Esse profissional, que encontra emprego em qualquer região do país, conquista espaço em novos setores, como ONG´s e empresas dedicadas ao comércio pela internet.

Atuação
Administração agroindustrial ou rural - Desenvolver projetos, controlar a produção e aplicar novos métodos administrativos, dando assistência direta ao empresário do campo. Esse trabalho é feito e, conjunto com agrônomos, engenheiros agrícolas, veterinários e zootecnistas.
Administração de cooperativas - Supervisionar e fiscalizar a entrada de recursos, além de garantir a distribuição correta dos direitos entre os cooperados.
Administração de empresas - Planejar e dirigir uma empresa. Nessa função, é possível a especialização em controladoria, comércio exterior, marketing, orçamento e finanças, produção e recursos humanos.
Administração hospitalar - Gerenciar recursos humanos e financeiros, além dos serviços de limpeza, alimentação e compras em hospitais, clínicas ou laboratórios. Definir políticas administrativas e, em estabelecimentos particulares, cuidar do marketing da empresa.
Análise de sistemas - Estudar as características e necessidades de uma organização para definir e implantar os sistemas de computadores mais adequados.
Comércio exterior - Gerenciar as transações comerciais com países ou empresas estrangeiras. Planejar importações e exportações, analisar oportunidades no mercado internacional e estudar as normas mercantis, alfandegárias e fiscais de cada país. Providenciar o seguro e acompanhar o transporte e a chegada do produto ao seu destino.
Controladoria - Controlar as finanças, contabilidade, técincas de organização e métodos administrativos. Fazer auditorias.
Marketing ou mercadologia - Acompanhar todas as atividades que levam um produto até o consumidor. Ocupar-se da pesquisa de mercado, definir estratégias para o lançamento de produtos, orientar campanhas de publicidade e atividades de vendas.
Orçamento e finanças - Planejar e coordenar a vida financeira da empresa, estudando o mercado de capitais. Definir os melhores investimentos e lidar com as receitas e despesas. Nas instituições financeiras, operar no mercado de capitais, analisando todas as variáveis econômicas e quantitativas que influenciam os sistemas financeiros.
Produção - Controlar a entrada e saída de suprimentos e os custos de produção.
Recursos humanos - Coordenar os processos de seleção, admissão, demissão e treinamento de pessoal, além da segurança no trabalho. Definir e implantar políticas de cargos, salários e benefícios. Participar das negociações salariais com sindicatos.

Ambiente de Trabalho
Escritórios de bancos ou empresas nacionais e multinacionais, onde o ambiente é bastante competitivo; ou em pequenas empresas, nas quais o clima é mais agitado e informal.

Formação exigida
Nos dois primeiros anos você tem disciplinas básicas, como direito, sociologia, contabilidade e informática.
No terceiro ano começam as matérias específicas, como administração de recursos humanos, finanças e marketing.
O dia-a-dia não se limita a aulas expositivas.
O aluno cria e analisa casos fictícios e apresenta os resultados em seminários.
Além do estágio supervisionado, algumas faculdades exigem uma monografia de conclusão do curso.
Em algumas escolas, você pode optar, já no vestibular, por um bacharelado voltado para uma área específica, como administração hospitalar, rural ou do terceiro setor, outras só oferecem o curso mais geral, de Administração de Empresas.
Neste caso, você pode especializar-se mais tarde, fazendo uma pór-graduação.
Duração média: quatro anos
Para exercer a profissão é preciso obter o registro profissional no Conselho Regional de Administração.