Profissão: Turismo
» Voltar
Descrição
Quem escolher o curso de Turismo pensando ser essa a melhor maneira de realizar seus sonhos de viagens pelo mundo deve descer das nuvens e aterrisar na realidade.
Conhecer lugares diferentes faz parte do trabalho, mas o profissional nem sempre consegue fugir das atividades burocráticas - fazer reservas, providenciar transporte, negociar preços de passagens e hospedagem, orgnizar passeios e prestar todo tipo de assessoria ao cliente.
Afinal, o guia turístico é, acima de tudo, um prestador de serviços.
Bom nível de informação é imprescindível porque esse profissional estará em contato com gente de várias partes do mundo.
E será mais valorizado se souber falar bem dois idiomas, de preferência inglês e espanhol.
Além disso, não deve ser um mero repetidor de testos previamente preparados sobre determinado lugar.
Conhecer geografia, cartografia, folclore e patrimônio histórico, por exemplo, podem ajudá-lo a esclarecer dúvidas inesperadas.
Muito se fala no potencial turístico do Brasil - um filão a ser melhor explorado.
Mas os investimentos governamentais no setor ainda são tímidos, comparados aos de outros países. É preciso modernizar os portos, ampliar a navegação turística e conservar melhor as rodovias.
Ainda assim, as expectativas de crescimento são boas.
Segundo dados do IBGE (Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o turismo atinge 52 segmentos da economia. Apesar da falta de políticas permanentes de incentivo, o Brasil pulou do 43º lugar, em 1994, para o 29º lugar, em 1999, segundo o ranking da Organização Mundial de Turismo.
A meta da Embratur (Empresa Brasileira de Turismo) é gerar 500 mil novos empregos até 2003.
Os especialistas acham difícil apontar setores mais promissores.
Todos apresentam perspectivas atraentes - convenções, eventos, transportes, hotelaria, parques temáticos, companhias aéreas, órgãos oficiais e empresas de marketing turístico.
Há muito, ainda, a explorar: o nicho do ecoturismo começa a ganhar impulso, enquanto outros apenas engatinham, como o turismo gastronômicos e o direcionado a roteiros religiosos e esotéricos.

Atuação
Agência de viagem - Ajudar o cliente a escolher um plano de viagem ou excursão, informá-lo sobre meios de transporte, hospedagem, preços e condições de pagamento.
Fazer reservas em hotéis e emitir passagens.
Criar roteiros personalizados de viagens.
Marketing turístico - Criar e divulgar um produto turístico.
Ajudar a organizar campanhas publicitárias para estimular a visita de turistas.
Pesquisa - Estudar o potencial turístico de um país, cidade ou região, definindo a melhor maneira de atrair visitantes.
Planejamento - Elaborar planos de desenvolvimento turístico para municípios.
Estimular as atividades de cultura e lazer para a população local.
Projeto - Fazer planos de desenvolvimento para empresas do ramo.
Orientar proprietários de hotéis, bares e restaurantes sobre a melhor forma de atender os consumidores.

Ambiente de Trabalho

Formação exigida
Os cursos compreendem disciplinas que dão ao aluno a formação necessária ao planejamento de todas as atividades ligadas ao turismo: organização, metodologia de pesquisa, história da cultura e da comuniação, direito e legislação, patrimônio cultural, meio ambiente, bens culturais, museologia, sociologia do lazer, análises estrutural e macroeconômica, política e administração, marketing, estatística e língua estrangeira. Mas atenção: nenhuma faculdade dá fluência em idiomas; é preciso fazer cursos especializados.